VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Assim não dá...

Leitor quis trocar a jarra quebrada de sua cafeteira elétrica e lhe pediram R$ 39,90 pela peça. No Makro Atacadista encontrou uma cafeteira elétrica completa, inclusive com jarra, coador permanente e colher para medir a quantidade de café. Preço? R$ 29,90. Chinesa!

É claro que fica impossível ao empresário nacional competir se uma parte do produto custa quase o dobro do produto inteiro made in China, onde, dizem, o salário mínimo é de meros US$ 5 mensais.


Ou dá?

Mas há uma contrapartida. Lembra daquele cara que recebe um limão na cara e aproveita para fazer uma limonada? É que nunca foi tão barato renovar o equipamento fabril. O dólar, que há oito anos custava R$ 4, e hoje deveria estar por R$ 8, mas está por apenas R$ 1,70, permite às indústrias importarem maquinário novo, moderno, mais produtivo, a preço de banana. Isto é, se o real se valoriza e torna mais difícil a exportação, com a modernização de nosso parque industrial, também podemos produzir mais barato.

É também o dólar nesse patamar que permitiu muito nativo adquirir carro importado a preço de nacional. Nada menos do que 800 mil automóveis estrangeiros foram emplacados por brasileiros no ano passado.


NOTA escrita para coluna Cacau Menezes - Diário Catarinense - Florianópolis/SC

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.