VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Champanhe, por que bebê-lo? 

E aí brother, dá para ir levando? Com a confusão reinante no mercado do dólar, quando um uísque sai mais barato aqui do que na Escócia, que tal enfrentar um espumante importado, de preferência francês? Pois, parodiando o sábio poeta: Champanhe, por que bebê-lo? Se não fazê-lo, como sabê-lo? Afinal, como dizia o papa dos colunistas, Zózimo Barrozo do Amaral: enquanto houver champanhe tem salvação!, pois então tome de uma taça “flute”, coloque o champanhe num balde com gelo e água e, enquanto aprecia a chamada bebida dos reis, leia alguma coisa sobre a bebida descoberta pelo frade Perignon quando, achando que seu espumante, que fermentou duas vezes, estava estragado, decidiu experimentar, provou da primeira, da segunda, da terceira. E lá pelas tantas, iluminado, gritou aos confrades a célebre frase “Estou bebendo estrelas!”.


Por isso dizia Madame Pompadour - “O champanhe é a única bebida que deixa uma mulher bonita após bebê-la.” Ou as últimas palavras de Lorde John Maynard Keynes, economista que morreu lamentando: “Eu queria ter bebido mais champanhe!” Mas foi Madame Lilly Bollinger, que o produzia, quem melhor definiu todos os prazeres da borbulhante bebida: “Eu só bebo quando estou feliz e quando estou triste. Às vezes, bebo quando estou sozinha. Quando estou acompanhada, considero obrigatório. Eu me distraio com champanha quando estou sem fome, e bebo quando estou com fome. Fora isso, nem toco no champanha, a não ser que esteja com sede.”.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.