VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

O céu como limite

Justo ou injusto, nos divórcios, as ex (e também alguns ex) apresentam ao juiz suas pretensões quanto à pensão alimentícia. Em geral, esta é fixada de acordo com a capacidade do alimentando e a necessidade do alimentado. Depois que Ilana Trump deu a famosa receita (Não brigue com seu ex-marido; brigue com o dinheiro dele) e quase deixou na lona o milionário Donald Trump, o Brasil vem registrando alguns recordes de pensões concedidas ou, ao menos, requeridas.

Yara Baumgart, ex de Roberto Baumgart (do Grupo Center Norte de Shoppings) pediu R$ 430 mil mensais; Jacqueline Coutinho Torres conseguiu tirar de Flávio Maluf nada menos do que R$ 217 mil mensais. Rosana Pena Rijo ganha R$ 117 mil do usineiro José Pessoa de Queiroz Bisneto. Sthefany Brito levou, inicialmente, R$ 130 mil mensais do jogador Alexandre Pato, por um casamento de apenas nove meses; em audiência, Pato ofereceu R$ 5 mil e a juíza fixou em R$ 50 mil, mas por 24 meses.

Para justificar tão elevadas quantias, as ex apresentam relações de despesas: joias, segurança, motorista, contas com restaurantes e flores, terapia, cabeleireiro, personal trainer, estacionamento, depreciação do carro, aluguel de cofre bancário...


NOTA escrita para coluna Cacau Menezes - Diário Catarinense - Florianópolis/SC

3 visualizações

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.