VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

O céu que nos protege 

Circulam pelas pontes de Floripa cerca de 140 mil veículos por dia. Numa cidade de apenas 300 mil habitantes, isso significa um veículo para cada nativo, com inevitáveis atropelamentos mortais: 110 assassinatos neste ano, até julho último, contra 40 durante todo o ano de 2001; um assalto por hora, segundo manchete do DC de sexta-feira. E nós, o povo, como é que ficamos? As pesquisas eleitorais dão conta que já estão eleitos os mesmos políticos de sempre - sejam da antiga UDN e PSD, passando por Arena e MDB, hoje travestidos de PFL, PPS e PMDB, são sempre os mesmos caciques que mandam no Estado há 40 anos. Se eles não resolveram o problema da violência, eles fazem parte do problema. Afinal não se pode esperar atitudes diferentes das mesmas pessoas. Parece que o eleitor só reage quando a violência explode dentro de seu lar, como quando do sequestro do pai, o estupro da filha, o assassinato de um jovem. Afinal, de que farinha somos feitos? Seremos iguais aos maranhenses que vão reeleger a mesma Roseana Sarney? Ou alagoanos, que vão eleger o Fernando Collor de sempre? Ou paulistas, que vão reeleger o notório Paulo Maluf?

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.