VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Okay, vocês venceram

Hoje entrego os pontos: desisto de ser classe média e fazer parte da chamada sociedade pensante. A esposa querendo mais presença, os filhos mais gastança e o trabalho mais dedicação. O leitor cobrando que a coluna de hoje seja melhor que a de ontem mas não tão boa quanto à de amanhã. No trânsito tenho que obedecer à direita, no ônibus pegar os fundos. Não fumar nem beber, não jogar papel aqui nem ali. Colocar o cinto, não usar o celular no volante, olhar para frente, dar passagem, obedecer à faixa de pedestres, não estacionar nem aqui, nem ali nem acolá. Pedem para me lembrar dos cegos, dos desamparados, dos aidéticos e me culpam pela polícia que temos, os políticos que temos, os professores que temos. Seduzem- me com alimentos saturados de gordura trans, que pense nisso mas não naquilo, conviver solicitamente tudo oferecendo, pouco pedindo e nada esperando. Pedem-me para pensar nos judeus rodeados de inimigos e nos palestinos convivendo em barracas; que a Previdência vai falir, o fim de minha profissão se aproxima.Como membro de uma Sociedade passiva, sou culpado pelos menores infratores, pela delinquência juvenil, pela falta de empregos, pelo aumento da violência. E ainda me exortam a não me preocupar... Okay, vocês venceram.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.