VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Rancor e delírio

Num país onde 10% da população detêm 90% das riquezas, Lula priorizou os “descamisados”, os desassistidos, os trabalhadores, os investidores e acabou se tornando a soma de vários presidentes e, reconheçamos, o único caminho para a prosperidade nacional. Mas se, de um lado, temos brasileiros que esqueceram os mensaleiros, os trapalhões, as deliciosas gafes internacionais, também há aqueles que criticam qualquer gesto do Presidente, porque ajudou o Haiti no terremoto, Chávez com o apagão, elevou os “royalties” ao Paraguai, engoliu os desaforos de Morales, abrigou Zelaia na embaixada hondurenha.


Pai dos pobres e mãe dos ricos para seus críticos, Lula conseguiu agradar os extremos sociais. Enquanto as “Repúblicas Bolivarianas” brigam com mundo, o Brasil vai atrás do Irã, dos BRICS, da Palestina em busca de novos negócios. Amado e odiado, respeitado e agredido, aplaudido e vaiado, Lula é a única referência do Brasil lá fora. Depois que for pescar em Pindamonhangaba, a quem essas pobres almas perdidas, na falta de um norte, irão demonstrar veneração e preconceito?


NOTA escrita para coluna Cacau Menezes - Diário Catarinense - Florianópolis/SC

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.