Vanio Coelho

VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Sofrendo no paraíso

Sem o turista, principalmente o gaúcho, o manezinho voltará a passar fome e a comer apenas siri e peixe que se alimenta de esgoto das praias! Esta é a opinião carinhosa e abalizada do Ricardo, soltando sua bílis contra a nota Turista acidental, de domingo passado, nesta coluna nativa da Ilha.

O nobre vizinho desconsidera o princípio segundo o qual, por educação e respeito, quem, em Roma, não sendo nem pária nem escravo, deve viver como os romanos. Afinal, existe prato melhor do que um pirão d’água, um caldinho de feijão preto por cima e peixe crocante? Será que o ingrato turista (?) sabia que ova de siri (de mar alto, não aquele de que ele se serviu, o siri-chita, impróprio para consumo) é mais gostosa do que ova de tainha, que o japonês paga US$ 50 por quilo?

Um desafio: vá até o restaurante do Giovanni Vegetale (Il Fornaio, ali na Arno Hoeschel) e peça um Spaghetti al vôngoli, e ficará surpreso com o que se pode fazer com um humilde fruto do mar. Ah, e leve dinheiro, pois este macarrão com berbigão vai lhe custar R$ 90 por pessoa. E cumpra aquele conselho: “Viva uma vez na vida, pelo menos, numa cidade grande, mas vá embora antes que ela lhe endureça; viva pelo menos uma vez na vida à beira-mar, mas vá embora antes que ele lhe amoleça!”. Ai, como é triste sofrer no paraíso.


NOTA escrita para coluna Cacau Menezes - Diário Catarinense - Florianópolis/SC

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;