VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

A morte e a morte de Santos Dumont

Alberto Santos-Dumont, tido pelos franceses como o Pai da Aviação, faleceu em 1932. Neste ano, os americanos vão matá-lo pela segunda vez, ao comemorarem o centenário do vôo dos Irmãos Wright, construtores de bicicletas de Ohio, Estados Unidos. Então, tá. Mas devemos ficar inertes a esse absurdo?


Em 23 de outubro de 1906, no campo Bagatelle, em Paris, a bordo do histórico “14-Bis”, na presença de milhares de pessoas, inclusive cinegrafistas, o paulista Santos Dumont realizou o primeiro vôo oficial em que um avião com três rodas, deixou de estar em contato com o solo. O aparelho subiu a 90 m sobre um percurso de 100 metros. Segundo as enciclopédias, Santos-Dumont foi o primeiro a comprovar a dirigibilidade de equipamentos mais leve-que-o-ar e mais-pesado-que-o-ar, ambos idealizados por ele.


E os irmãos Wilbur e Orville Wright, anos mais tarde, mostraram uma fotografia do que seria o primeiro vôo do homem, na Carolina do Norte, em 17 de dezembro de 1903, durante 3 minutos, perante ... 5 testemunhas. Mas é um avião sem rodas. Como decolou? “Ele não decolou: foi catapultado”, explicaram os irmãos. Na verdade – e mesmo supondo que ele tenha alçado vôo – o “avião” dos Wright não decolava e só ganhava velocidade sendo catapultado por trilhos montados no chão.


A aviação, como a televisão, teve inúmeros pioneiros e não de pode negar que o segundo se beneficiava dos experimentos do primeiro. Mas não se pode negar o pioneirismo de Santos-Dumont que alçou vôo com seus próprios meios mecânicos: a propulsão, graças a um motor a explosão Antoinette de 24 CV, recursos que os bicicleteiros de Ohio não conheciam.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.