©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.

VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Dois elefantes incomodam muita gente

O assunto foi destaque no meu blog e com boa repercussão junto aos leitores. O fechamento da Beira-Mar Norte continua provocando celeumas: é bom para a cidade ou apenas para os promotores? Trata-se, principalmente, dos transtornos no trânsito - mas até o som incomoda, pois os técnicos ali comparecem, para fazer testes, às... sete e meia da matina. É duro ou quer mais? Ser acordado às 7h da madrugada, num sábado ou num domingo, por um som de centenas de decibéis, não é qualquer um que suporta.

No Rio de Janeiro, havia uma Feira da Providência, nas ruas da Lagoa Rodrigo de Freitas, que, uma vez por ano, transtornava todo o trânsito da Zona Sul. Seus patrocinadores eram contra a mudança para o Rio Centro, em Jacarepaguá. Mas não deu para segurar: a feira mudou de público (antes era um ato eminentemente social, com representação de todos os estados brasileiros), mas continuou rendendo dividendos para os atos assistenciais das piedosas madames da Zona Sul do Rio.

Mesma coisa era o Carnaval: na semana anterior, durante o próprio e na semana seguinte, o trânsito pela principal artéria do Rio, a Avenida Presidente Vargas, era parcialmente desviado devido à montagem das arquibancadas. Darcy Ribeiro bolou o sambódromo, hoje referência nacional, inclusive na Ilha dos Casos e Ocasos Raros, e o problema sumiu, inclusive com o sambódromo funcionando como escola pública durante o ano e para os ensaios das escolas e grandes shows musicais.

Afinal, não foi para eventos de grande presença humana que criaram a Passarela do Samba Nego Quirido e o centro de convenções?


NOTA escrita para coluna Cacau Menezes - Diário Catarinense - Florianópolis/SC

2 visualizações