Vanio Coelho

VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Esperando Godot

Em Floripa, para comprar moeda estrangeira no Banco do Brasil, existe uma única agência e um único caixa. Após esperar pacientemente na fila, abrindo mão de sua preferência por idade, quando chegou a vez do leitor, a senhora caixa informou que só vendia moedas para quem estivesse na fila antes das 15 horas. O cliente sugeriu que colocassem um aviso e foi embora. No dia seguinte estava na fila antes das três, mas, ao chegar sua vez, a mesma caixa informou que só dispunha de dólares (o leitor queria euros); o cliente perguntou por que, como naquele samba, “não punharam um recado na porta?”, evitando-se a espera de Godot, aquele que nunca chega. Na terceira vez, já munido de pouca paciência pelo descaso do banco, o cliente, que era o segundo da fila, desistiu, de novo, pois a famosa caixa disse que, na hora do almoço, tinha instruções de atender a fila do caixa ao lado, cujas pessoas dispunham de vários caixas, mas o leitor só podia ficar naquela fila, a do câmbio. Achando- se duplamente desconsiderado (pois sua fila só tinha duas pessoas que poderiam rapidamente ser atendidas e ainda merecer preferência por força de lei) o leitor, inatendido, saiu se perguntando o que está acontecendo com o centenário banco. E foi comprar seus euros na informalidade do Calçadão, não sem antes encerrar sua conta.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;