©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.

VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

O homem irado 

Amigo, hoje eu peço um minuto de sua preciosa atenção. Estou como o Diabo gosta, em relação à TELESC, à CELESC e à CASAN. E me pergunto por que três concessionárias de serviço público podem, as três, cometer impunemente esses pequenos delitos, sem qualquer denuncia publica, sem qualquer reclamação nos jornais? Até nos próprios balcões os funcionários ficam surpresos quando reclamo, como se reclamar fosse coisa de pessoas irascíveis ou, o que é pior, esquizofrênicas! Vamos aos problemas: 1. Tenho em meu poder a conta do telefone (0386) 44 0029 (que por sinal não esta ligado, embora instalado. Houve contas em atraso de um anterior usuário, mas já esta em dia desde 16 do corrente). Nela vejo o valor da assinatura: Cr$ 614,00. Em meu poder, também, a conta do telefone (0482) 23 2698. Valor da assinatura: Cr$ 311,20.


O primeiro telefone é de Laguna (atenção, lagunense, estão metendo a mão em você). O segundo é de Florianópolis. Ambas as contas do mesmo mês. Será que na capital, por ser mais utilizado, a assinatura do telefone é menos onerosa? 2. Em meu poder a conta da CELESC nº. 267000. O custo do KW é de Cr$ 6,12. Também em meu poder a conta nº. 206717. Nesta, o valor do KW consumido é de Cr$ 11, 54, isto é, quase o dobro. Ambas as contas são da CELESC, e do mesmo mês, a primeira de Laguna e a segunda de Florianópolis. Por que numa cidade se paga o dobro do KW que na outra cidade? É porque em Laguna se consome menos, isto é, aplica-se o conceito inverso da TELESC? Atenção, florianopolitano: estão metendo a mão em você. 3. A CASAN mais uma vez me deixa na mão, em Laguna. É dia 26 de dezembro e estamos sem água a 48 horas. E o verão mal começou, com apenas um quinto das casas ocupadas. Se no caso da TELESC e da CELESC está havendo, sem dúvida, algum engano que aquelas concessionárias vão corrigir, no caso da CASAN está é faltando empenho, pos não se vá dizer que estamos sendo vitimas de seca...


O RENOVADOR-Laguna.

4 visualizações