VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

O monstro que nos devora

Não são apenas os livros sagrados de cristãos, mulçumanos e judeus, como a bíblia, o corão e o tora: até Nostradamus pregava que, passados mil anos, os povos da Terra seriam dominados pelos gênios do mal vindos de Gog e Magog. Não há precisão de como esses demônios se apresentariam: destruição, catástrofes, fome, inundação, seca, enchente, fogo, terremotos. Para uns eles exigiram sacrifícios humanos. O querido leitor pode imaginar um monstro desses cobrando o sacrifício de 50 mil brasileiros cada ano? Vejamos mais: um enorme cervo com uma galhada de 35 quilos, que se torna escravo de sua natureza, pois vive para a galhada e dela não pode se libertar. A cada ano a galhada cai no inverno e renasce na primavera, consumindo toda energia do cervo. Apesar de forte, este cervo é um fraco, pois não lhe sobram energias para outras partes de seu corpo de desenvolver. Assim como o cervo é escravo de sua galhada, o homem moderno é escravo de seu automóvel. Consertos, cuidados, despesas normais como seguro e combustível e extras como acidentes e multas. Mais: vindo das terras de Gog e Magog, o monstro nos cobra o sacrifício anual de 50 mil humanos - número aproximando de brasileiros que morrem no trânsito. E existem automóveis que custam mais que uma casa ou apartamento. Com tantos sacrifícios humanos e em recursos financeiros, valerá a pena andar motorizado?

0 visualização

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.