Vanio Coelho

VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

O monstro que nos devora

Não são apenas os livros sagrados de cristãos, mulçumanos e judeus, como a bíblia, o corão e o tora: até Nostradamus pregava que, passados mil anos, os povos da Terra seriam dominados pelos gênios do mal vindos de Gog e Magog. Não há precisão de como esses demônios se apresentariam: destruição, catástrofes, fome, inundação, seca, enchente, fogo, terremotos. Para uns eles exigiram sacrifícios humanos. O querido leitor pode imaginar um monstro desses cobrando o sacrifício de 50 mil brasileiros cada ano? Vejamos mais: um enorme cervo com uma galhada de 35 quilos, que se torna escravo de sua natureza, pois vive para a galhada e dela não pode se libertar. A cada ano a galhada cai no inverno e renasce na primavera, consumindo toda energia do cervo. Apesar de forte, este cervo é um fraco, pois não lhe sobram energias para outras partes de seu corpo de desenvolver. Assim como o cervo é escravo de sua galhada, o homem moderno é escravo de seu automóvel. Consertos, cuidados, despesas normais como seguro e combustível e extras como acidentes e multas. Mais: vindo das terras de Gog e Magog, o monstro nos cobra o sacrifício anual de 50 mil humanos - número aproximando de brasileiros que morrem no trânsito. E existem automóveis que custam mais que uma casa ou apartamento. Com tantos sacrifícios humanos e em recursos financeiros, valerá a pena andar motorizado?

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vento Sul

Eis que surge o vento sul. Ataca por todos os lados, é frio, é grudento, é a prova de casaco, de lareira e de conhaque.

Eternamente Drumond

Alguns versos aqui publicados semana passada foram suficientes para que leitores atentos lembrasse que, vivo, Carlos Drumond de Andrade...

Muito além do rio

Aquelas arcadas eram suntuosas, mas nos pareciam assustadoras no primeiro dia da matrícula;