VANIO COELHO

Para acessar os textos do livro "Vento Sul - Velho Vento Vagabundo", escolha uma das opções abaixo!

 
 
  • Vanio Coelho

Os ovos da serpente

"O horário político é o único momento em que os ladrões ficam presos em cadeia nacional", diz a ácida crítica de um anônimo. Os juízes tentaram estancar os corruptos ainda no nascedouro, vetando as candidaturas de políticos com ficha suja.

Para assumir cargo público, o concursado tem de apresentar atestado de bons antecedentes, mas para ser prefeito, governador e presidente ele seria dispensado da certidão negativa. Pode? A Associação de Magistrados do Brasil recomendou negar registro a candidatos com ficha suja, mas o Supremo vetou por falta de lei específica.

Um filme de Ingmar Bergman (O Ovo da Serpente) aterroriza as platéias mostrando, por parábola, o que se passava em Berlim em 1923, no nascimento do nazismo, que já exacerbava o anti-semitismo, a intolerância e o fanatismo, permitindo antever os traços do monstro em gestação.

Através da fina membrana transparente do ovo já se percebe a serpente, em contraponto à queima de livros, saque e depredação de estabelecimentos judeus e o desrespeito à ordem constituída. Vamos matar no ovo a serpente corrupta, apoiando a campanha do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, já com 200 mil nomes, exigindo negar registro a quem está sendo processado.

Lembrem-se que Paulo Maluf, o político mais processado no país, vem procrastinando suas condenações desde 1970, quando doou fusquinhas à Seleção tricampeã, e só passou alguns dias na cadeia apenas por "constranger testemunhas".


NOTA escrita para coluna Cacau Menezes - Diário Catarinense - Florianópolis/SC

3 visualizações

©2019 by Vanio Coelho. Todos os direitos reservados, de acordo com a legislação em vigor.